Destinada a todos os públicos, a Gramática descreve o português europeu culto contemporâneo, sem deixar de incluir informação sobre os chamados regionalismos e o português do Brasil, de Angola e de Moçambique.
Pela primeira vez é editado um trabalho que se destina a contribuir para a melhoria da língua portuguesa, tentando assim colmatar a ausência de uma obra de referência nesta área.
Dividida em três volumes, a Gramática do Português esclarece dúvidas, aprofunda conhecimento e mostra exemplos da riqueza da língua portuguesa num total de mais de três mil páginas sobre a história e geografia da nossa língua, sobre o léxico, a sintaxe e a semântica, mas também sobre a morfologia, fonética e fonologia do Português.
A Gramática do Português foi coordenada por Maria Antónia Coelho da Mota, Luísa Segura, Amália Mendes, Eduardo Paiva Raposo e Maria Fernanda Bacelar. Estes dois últimos irão apresentar os dois primeiros volumes da obra já no dia 28.

 

Fonte: Fundação Calouste Gulbenkian

Partilhar