Virando o jogo

chutando o balde

cuidando das crianças

buscando a água

carregando a lenha

e superando todas as tragédias

 

Mas também

parindo livros

sonhando poemas

construindo pontes

e esculpindo artes

 

Sofrendo pela vida

mas rindo e cantando

 

Sim

um outro mundo é possível

sem estupros mutilações ou sequestros

sem humilhações nem discriminações

sem açoites nem mortes prematuras

 

Elas vieram

transcendendo a vida

esconjurando a morte

e exaltando o amor

 

E chegaram

conspirando luas

declarando medos

e se entregando à luta

The following two tabs change content below.

Vera Duarte

Vera Valentina Benrós de Melo Duarte Lobo de Pina nasceu em Mindelo, S. Vicente, Cabo Verde. É Juíza Desembargadora, poeta e escritora, formada em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa. Membro das Academias Cabo-verdiana de Letras, de Ciências de Lisboa, Gloriense de Letras. Foi Ministra de Educação Ensino Superior, Presidente Comissão Nacional Direitos Humanos e Cidadania, Conselheira do Presidente da República e Juíza Conselheira do Supremo Tribunal de Justiça. Integrou organizações como Centro Norte-Sul Conselho d`Europa, Comissão Internacional Juristas, Comissão Africana Direitos do Homem e Povos, Associação Mulheres Juristas e Federação Internacional de Mulheres de Carreira Jurídica. Recebeu várias condecorações É poeta e autora de vários romances.

últimos artigos de Vera Duarte (ver todos)

Partilhar