Cabo Verde vai promover, no final do ano, o primeiro festival literário na cidade da Praia. Nesta altura, estão a ser fechados os convites a autores como Mia Couto, José Eduardo Agualusa e Pedro Juan Gutierrez.
Foto: Festival Literário de Macau

Em Macau, num lugar bem distante de Cabo Verde mas com o património da língua portuguesa em comum, o ministro da Cultura cabo-verdiano, Abraão Vicente, confirma que o Governo está a trabalhar na organização do primeiro Festival Literário de Cabo Verde.

Abraão Vicente, que conversou com a Renascença antes da sessão em que ia participar no festival de Macau Rota das Letras, explica que o evento que preparam para a cidade da Praia vai ter um nome muito cabo-verdiano.

“Vai chamar-se Morabeza, que é uma palavra muito típica nossa para expressar a arte de bem receber. É um país de portas abertas também para a literatura”, explica orgulhoso. Ler o artigo completo

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar