9 March 2021
Entre os objetivos da viagem a Portugal está o fortalecimento de acordos de cooperação com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a ampliação do programa Ciência sem Fronteiras na Europa e acordos na área de pós-graduação.

Ministro brasileiro da Educação em visita a Portugal para consolidar a cooperação

O ministro da Educação do Brasil, Aloizio Mercadante, visita oficialmente Portugal entre quinta e sexta-feira para assinar acordos na área da pós-graduação e encontrar-se com autoridades portuguesas, divulgou hoje o seu gabinete.

O programa Ciência Sem Fronteiras – implementado pela Presidente Dilma Rousseff e que oferece bolsas de estudos de graduação e de pós graduação em países estrangeiros – já enviou para Portugal 2.587 estudantes brasileiros.

Na quinta-feira, o ministro brasileiro irá encontrar-se com os embaixadores da CPLP, em Lisboa.

Mercadante encontra-se, também na quinta-feira, com o ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, no Palácio das Laranjeiras, em Lisboa.

Ainda no Palácio das Laranjeiras, reúne-se com o presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), António Rendas, e com o presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos, Joaquim Mourato.

Depois, o ministro brasileiro faz uma conferência, com o tema “Brasil em Perspectiva e Desafios da Educação Brasileira”, no anfiteatro da reitoria da Universidade Nova de Lisboa.

Na sexta-feira, Mercadante assinará em Braga o protocolo de cooperação tripartite entre Brasil, Portugal e Espanha, durante uma visita ao Instituto Internacional Ibérico de Nanotecnologia, primeira instituição de pesquisa internacional no campo da nanociência e da nanotecnologia na Europa.

O ministro já visitou, nesta semana, a Espanha e a Bélgica, onde se reuniu com várias autoridades da União Europeia, em Bruxelas.

No sábado, o ministro Aloizio Mercadante parte para a Inglaterra, onde visitará a Universidade de Cambridge.

CSR // APN.

Lusa/fim

Foto: O Ministo da Educação,  Aloizio Mercadante, 24 January 2012. EPA/FERNANDO BIZERRA JR

Também poderá gostar

Sem comentários