28 February 2021
Durante uma reunião, realizada no final de novembro em Caracas, os Ministros da Educação dos países participantes aprovaram a criação da Universidade a Distância do MERCOSUL.

Mercosul prepara criação de universidade a distância

A iniciativa foi proposta pelo Brasil e apoiada pelo resto dos países, que a implementarão de forma gradual.
Esta instituição tem como premissa gerar uma rede que atenda as necessidades de cada país com a oferta de cursos multilíngues.

Com o objetivo de desenvolver este projeto, haverá uma reunião técnica no Brasil em 2014 com especialistas em educação a distancia.
“A primeira etapa consiste em definir um conjunto de cursos a distância que podem ser reconhecidos pelas universidades dos sistemas terciários da região, de forma de integrá-los eventualmente nos requerimentos de diferentes carreiras”, detalhou o Ministro do Uruguai, Ricardo Ehrlich. Nesse sentido, afirmou que “seria um sistema de educação a distância que pode ter uma multiplicidade de componentes, desde videoconferência até o acompanhamento de equipes docentes a distância em forma personalizada”.
“É uma proposta baseada em uma rede que já existe na América Latina, que já é integrada por 15 países. Nos baseamos não na construção de algo novo, mas a partir das mesmas universidades, das instituições que já estão em prática”, explicou o secretário de Educação Superior brasileiro, Paulo Speller, representante do Brasil na 46ª Reunião de Ministros de Educação dos Países do Mercosul. Ler o artigo completo.

Também poderá gostar

Sem comentários