Praia, 06 jan 2023 (Lusa) – O comentador político e antigo ministro Luís Marques Mendes destacou hoje, na Praia, a singularidade e a importância da RTP África e desafiou-a a ajudar nos esforços para que o português seja língua oficial das Nações Unidas.

“O que não é um objetivo de Portugal, é um objetivo da língua portuguesa, o que não é apenas um objetivo de Portugal, é um objetivo dos vários países que no mundo, nos quatro continentes, falam o português”, afirmou Marques Mendes.

O político social-democrata era ministro da Comunicação Social em 1992 quando foi criada a RTP Internacional, sucedendo-lhe o socialista Jorge Coelho, ministro da mesma pasta quando foi criada a RTP África, em 1998.

O agora comentador político foi o convidado para participar na conferência comemorativa dos 25 anos da RTP África, na cidade da Praia, que contou com a participação de todos os presidentes das televisões públicas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

O conselheiro de Estado, Marques Mendes, 28 de junho de 2022. JOSE SENA GOULAO/LUSA

Marques Mendes falou do passado da RTP África, dizendo que foi um projeto “atípico, singular e fora do vulgar”, formalmente, juridicamente e oficialmente de Portugal, mas é substancialmente, estrategicamente e culturalmente um projeto de língua portuguesa, a quinta mais falada no mundo.

Considerando que é um projeto que “nasceu bem e teve sucesso” no passado, mas entendeu que o presente também é de “inegável sucesso”, em que a sua afirmação é também a afirmação da língua portuguesa e da história de cada um dos países e das suas televisões.

Luís Marques Mendes sublinhou ainda a “história de sucesso” da “boa relação” entre Portugal e os PALOP, considerando que o presente é “dinâmico” e prevê um “grande futuro”.

“Um projeto ganhador até ao momento não tem que ser mudado, tem que ser aprofundado, tem que ser reforçado, tem que ser potenciado”, advogou, sublinhando a importância do reforço e da potenciação do serviço público de televisão.

Tendo ficado também associado ao nascimento da RTP África, Marques Mendes considerou ainda ser “fundamental” acentuar a vertente da televisão em língua portuguesa e a importância que tem no plano estratégico para os PALOP e Portugal.

Notando que a RTP África é um projeto “estratégico e indispensável”, o comentador salientou a importância do estabelecimento de relações fortes e de amizade entre os povos.

As comemorações dos 25 anos da RTP África prosseguem no sábado com uma gala e espetáculo musical na cidade da Praia.

RIPE // LFS – Lusa/Fim

Partilhar