Rodeado pela família e por muitos amigos, o cineasta disse sentir-se honrado com esta distinção. Agradeceu à França.

Estiveram presentes nesta cerimónia o secretário de estado da cultura, Jorge Barreto Xavier e o presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira. Todos elogiaram a criatividade e longevidade do cineasta.

A Legião de Honra de França é atribuída a título excecional, para distinguir «uma personalidade e uma carreira for do comum». Para o embaixador francês em Portugal, Jean – François Blarel, Manoel de Oliveira é uma pessoa extraordinária.

Clique aqui para ouvir a reportagem

Fotos:

– O realizador português, Manoel de Oliveira (2E), recebe das mãos do embaixador de França em Portugal, François Blarel (2D), a insígnia da Legião de Honra pelo governo francês.

– O realizador português, Manoel de Oliveira, faz um brinde após ter sido distinguido com a insígnia da Legião de Honra pelo governo francês, numa cerimónia realizada no Museu da Fundação de Serralves, no Porto, 9 de dezembro de 2014. O realizador fará no próximo dia 11 de dezembro 106 anos. RICARDO CASTELO/LUSA

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar