8 March 2021
Centenas de figurantes desfilaram hoje pelas ruas de Macau integrados no "Desfile por Macau, Cidade Latina" que celebrou os 15 anos da transferência de poderes de Portugal para a China. 14 de Dezembro de 2014, Macau. CARMO CORREIA/LUSA

“Macau Século XXI”, uma reflexão sobre 15 anos

Macau, China, 05 jan (Lusa) – “Macau Século XXI” titula o livro que vai ser lançado, na quinta-feira, no Museu Militar de Lisboa, apresentado como “uma reflexão sobre os 15 anos” da Região Administrativa Especial, criada após a transição de Portugal para a China.

A obra – uma edição bilingue (português e chinês) com quase 400 páginas, com apresentação a cargo de Adriano Moreira marcada para as 18:00 – figura como uma iniciativa editorial da Liga da Multissecular Amizade Portugal-China.

Trata-se de “um livro sobre as circunstâncias do nascimento da Região Administrativa Especial de Macau [RAEM], onde se [aborda] não apenas o enorme surto de desenvolvimento do pós-transferência, mas também a herança deixada por Portugal no território e as perspetivas de uma maior cooperação entre Portugal e a China, com base em Macau”, afirma o general Garcia dos Santos, que era presidente da Liga quando se iniciou o projeto, na nota de abertura da obra, citada num comunicado enviado à agência Lusa.

Aniceto Afonso, mestre em História Contemporânea de Portugal e coordenador da edição, apresenta-a, na sua Introdução, como “uma reflexão sobre Macau, sobre o seu passado e o seu futuro” e refere que “o leitor encontrará interrogações suficientes para uma saudável inquietação, mas também encontrará respostas e perspetivas que o tranquilizam e o vão despertar”.

“Os diferentes colaboradores trazem-nos múltiplos pontos de vista sobre Macau (…). São abordagens distintas e polifacetadas, mas sempre serenas, afirmativas, inovadoras em muitos aspetos”, refere Aniceto Afonso.

A obra aborda temáticas diversificadas como “Os Antecedentes de Macau”, uma síntese histórica por Alfredo Gomes Dias; “A Miscigenação do Pensamento Urbano”, por Rui Leão; a “Organização Política e Social”, por João Guedes; o “Sistema Político e Administrativo”, por Sofia Jesus; a “Economia da RAEM, aos 15 Anos”, por José I. Duarte; e a “Arquitetura: o Legado e o Inesperado”, por Rui Leão e Jorge Figueira.

Também o “Ensino e Ciência em Macau”, por Rui Rocha e Ana Paula Dias; a “Saúde e Assistência Social”, por Jorge Humberto Morais; a “Arte, Cultura e Património”, por Cecília Jorge; a “Comunicação na RAEM: um Desafio Permanente”, por Rogério Beltrão Coelho; o “Desporto na RAEM: Esforço, Glória e Desilusões”, por Marco Carvalho; e “Macau-Cronologia”, por Rui Guerra Ribeiro e Aniceto Afonso.

O livro inclui ainda, ao longo da edição, textos sobre as obras emblemáticas da RAEM e sobre a “Alma de Macau”.

“Macau Século XXI” é ilustrado com fotografias de António Mil-Homens, Eduardo Magalhães (também autor da foto da capa), Gonçalo Garcia dos Santos (que também assina a direção gráfica e design), Joaquim de Sousa e José Romano, bem como com imagens de arquivo cedidas por instituições particulares e oficiais, refere a mesma nota.

A edição e revisão é da responsabilidade de Dulce Afonso e a tradução para chinês de Mónica Chan.

DM // PJA – Lusa/Fim
Centenas de figurantes desfilaram hoje pelas ruas de Macau integrados no "Desfile por Macau, Cidade Latina" que celebrou os 15 anos da transferência de poderes de Portugal para a China. 14 de Dezembro de 2014, Macau. CARMO CORREIA/LUSA

Centenas de figurantes desfilaram hoje pelas ruas de Macau integrados no “Desfile por Macau, Cidade Latina” que celebrou os 15 anos da transferência de poderes de Portugal para a China. 14 de Dezembro de 2014, Macau. CARMO CORREIA/LUSA

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES