De acordo com os responsáveis do Gabinete, que falavam em conferência de imprensa, o curso está dividido em duas fases: a primeira, em Macau, a decorrer no Instituto Português do Oriente onde os alunos vão frequentar 50 horas de aprendizagem do português e, uma segunda fase em Lisboa, para onde serão escolhidos os melhores alunos.

O curso destina-se a estudantes do ensino superior que não dominem o português e disponibiliza 28 vagas para os estudantes a frequentarem estabelecimentos de ensino em Macau e outras 28 vagas para alunos do exterior.

O programa de ensino decorre, na primeira fase, entre abril e maio, e abre um máximo de 100 vagas, sendo que depois os melhores alunos seguem para Lisboa durante o mês de agosto para uma aprendizagem na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde são promovidas visitas a locais históricos e outras atividades lúdicas que incluam a aprendizagem da língua.

 

JCS // VM.

Lusa/Fim

Foto: Lusa

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar