25 February 2021

Macau: Defesa da língua portuguesa marca arranque da sessão legislativa

Centraram-se na formação de quadros bilingues, algumas das intervenções dos deputados, ontem, na sessão inaugural do novo ano legislativo. Entre os parlamentares houve mesmo quem recorresse a estudos para assinalar a reduzida utilização da língua portuguesa em Macau, apelando ao Governo para que reforce os programas de ensino, nomeadamente fora das universidades.

20161017-093x

Sílvia Gonçalves

A actividade na Assembleia Legislativa (AL) foi ontem retomada, com as intervenções antes da ordem do dia a ficarem marcadas pela convicção, manifestada por vários deputados, de que deverá ser reforçada a formação de recursos humanos bilingues, para responder à afirmação de Macau enquanto plataforma entre a China e os países de língua portuguesa. Mak Soi Kun referiu um estudo que indica que menos de 10 por cento dos jovens de Macau falam português e defendeu que a falta de profissionais bilingues afectará o desenvolvimento da cooperação económica e comercial. Wong Kit Cheng salientou que a taxa de utilização da língua portuguesa não tem sido alta e instou o Executivo a promover políticas de desenvolvimento do seu ensino. Ler o artigo completo (Ponto Final).

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES