O anúncio foi feito hoje, em Luanda, pelo ministro da Juventude e Desportos de Angola, Gonçalves Muandumba, numa cerimónia que serviu igualmente para divulgar o endereço eletrónico da competição, que decorrerá sob o lema “Juntos na Diversidade”.

Segundo o ministro, cada delegação será composta por pelo menos 130 elementos, que totalizarão os cerca de 800 atletas entre as modalidades de futebol, atletismo, andebol, basquetebol, ténis de mesa e de campo, natação, voleibol de praia, judo e atletismo para deficientes.

O pavilhão multiusos da capital angolana, no estádio 11 de Novembro, o campo dos Coqueiros, o complexo da Cidadela Desportiva de Luanda e o clube de Ténis da mesma cidade são os espaços escolhidos para receber o evento.

O ato de abertura contará com dois momentos, o primeiro no período da manhã, com o içar da bandeira dos países participantes e a entoação dos hinos de Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Portugal, Brasil e Timor Leste.

O período da tarde está reservado para um espetáculo gimnodesportivo, a ter lugar no pavilhão multiusos, seguido do jogo inaugural em andebol.

Esta é a segunda vez que Angola acolhe os Jogos Desportivos da CPLP, depois da estreia em 2005.

Na apresentação oficial do evento, que junta todos os países lusófonos, o secretário de Estado angolano dos Desportos, Albino da Conceição, frisou que os Jogos Desportivos da CPLP, lançados em 1992, são a “atividade de maior expressão” desta comunidade.

NME // PA – Lusa/Fim

Foto: Nélson Évora na cerimónia de abertura dos Jogos da Lusofonia realizados em Lisboa no ano de 2009, 11 de julho de 2009. ANTONIO COTRIM/LUSA

Partilhar