Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses e Ingleses – pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, João Laurentino Neves sucede a Rui Rocha que abandona o cargo, ao final de três anos, no fim deste mês.

“Depois de uma apreciação assente no perfil apresentado, seguida de entrevista, João Laurentino Neves foi quem melhor se adequou ao perfil pretendido”, indica a mesma nota.

Para a próxima semana, está já agendada uma reunião entre os associados principais – Camões, Instituto da Cooperação e da Língua e Fundação Oriente – e o novo director, “para definição de objectivos do projecto IPOR para o próximo triénio”.

João Laurentino Neves exerceu funções de docente e coordenador de centros de Língua portuguesa em Moçambique desde 1995 até 2002. Já desde 2003 desempenha o cargo de director do Instituto Camões – Centro Cultural Português na Cidade da Praia, em Cabo Verde, onde teve como principais responsabilidades a elaboração, execução e avaliação do Plano Anual de Actividades do Centro, bem como a gestão administrativa e financeira do Centro na Praia e do Polo no Mindelo.

Durante o mesmo período, exerceu ainda funções de adido cultural junto da embaixada de Portugal na Cidade da Praia: assessoria do chefe de missão nas áreas da Cultura, Educação e Património e ligação com os órgãos de comunicação social; representação do chefe de missão em sessões/encontros de trabalho quando objecto de sua delegação. Ler o artigo completo