3 March 2021

Jesuítas no Japão: de pregadores venerados a “bárbaros do sul”

Chegados ao Japão, abriram novos mundos ao império comercial português e adotaram novas formas de evangelização. O início foi esperançoso; o fim, retratado no filme “Silencio”, abrupto e sangrento.

Francisco Xavier foi o primeiro padre católico a desembarcar no longínquo Japão. O barco de mercadores onde viajava este missionário do Padroado Português do Oriente aportou em Kagoshima a 15 de agosto de 1549. Três meses depois, Xavier escreveu: “ [Os japoneses] é gente de muitas cortesias uns com os outros. (…) É gente que não sofre injúrias nenhumas, nem palavras ditas com desprezo. (…). Muita parte da gente sabe ler e escrever, que é um grande meio para com brevidade aprender as orações e as coisas de Deus.” Ler o artigo completo (Observador)

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES