4 March 2021
Uma equipa internacional que integra o português Pedro Castelo-Branco descobriu um novo biomarcador, testado com sucesso em tumores cerebrais pediátricos, devendo prosseguir os estudos com outros tipos de cancro

Investigador português em equipa que descobriu novo biomarcador de cancro

“Este biomarcador pode detetar outras formas de cancro”, disse Pedro Castelo-Branco, que trabalha há cinco anos num hospital público pediátrico de Toronto, no Canadá.

Licenciado em Biologia pela Universidade de Aveiro e doutorado em Biologia Molecular pela congénere britânica de Oxford, é o autor principal de um artigo científico publicado na última edição da revista internacional “The Lancet Oncology”, com sede em Londres, em que relata os estudos com o novo biomarcador.

“Este biomarcador pode ajudar os clínicos a decidir, em cada caso, uma forma de tratamento adequada ao paciente”, adiantou Pedro Castelo-Branco à Lusa.

O trabalho já realizado envolveu 350 crianças e jovens com tumores cerebrais, seguidos em diferentes centros de investigação oncológica europeus e da América do Norte.

“Os pacientes de alto risco poderão ter terapias mais agressivas, enquanto os de baixo risco poderão ver as suas terapias diminuídas, reduzindo assim os efeitos secundários”, segundo o investigador do Sick Children, de Toronto.

Pedro Castelo-Branco e os colegas admitem que o biomarcador poderá proporcionar “resultados importantes” noutras manifestações da doença oncológica, também em adultos, como a leucemia, o cancro do cólon e da próstata.

“Os testes preliminares nestas áreas são igualmente promissores”, referiu.

Pedro Castelo-Branco participa agora num segundo estudo internacional para avaliar o potencial deste biomarcador no cancro da próstata.

“É um trabalho hercúleo, a estudar amostras de centenas de pacientes”, afirmou, prevendo que os resultados possam ser conhecidos dentro de meio ano.

Esta investigação integra instituições alemãs, austríacas e canadianas, tendo ainda um parceiro português, o Serviço de Urologia e Transplantação Renal dos Hospitais da Universidade de Coimbra.

 

CSS // SSS – Lusa/Fim

Foto: Pedro Castelo-Branco, 04 de fevereiro de 2011, Toronto, Canadá. PEDRO CASTELO-BRANCO/LUSA

Também poderá gostar

Sem comentários