2 March 2021
A segunda edição do Encontro dos Escritores da Língua Portuguesa (EELP) começa hoje e se estende até sexta-feira.

II Encontro de Escritores de Língua Portuguesa em Natal (Brasil)

A segunda edição do Encontro dos Escritores da Língua Portuguesa (EELP) começa hoje e se estende até sexta-feira. O rapper Gabriel, o Pensador, o reitor português Carlos Reis e o escritor angolano Manuel Rui serão os três conferencistas, sempre acompanhados de escritores locais ou dos vários países de língua portuguesa.

O evento será realizado na Academia Norte-rio-grandense de Letras, entre 15h e 19h. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo hotsite www.eelpnatal.com.br ou na Biblioteca Municipal Esmeraldo Siqueira, na Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte). A capacidade do local permite acesso a 350 pessoas.

 

Gabriel, o Pensador, abre a tarde com o tema Poesia escrita para a música Foto: Secom/JP/Divulgação As diferenças mais visíveis em relação à primeira edição são o local do evento e o período da realização. No ano passado, ocorreu no Teatro Alberto Maranhão, no mês de abril. O formato de palestras e shows ao fim permaneceu. Cada conferencista estará acompanhado de outros escritores locais, nacionais e internacionais para discutir o tema da lusofonia, em variadas vertentes. Gabriel, o Pensador, As Carolinas e um “bailado popular”, respectivamente, encerrarão cada um dos três dias do encontro literário. Abre a discussão hoje Gabriel, o Pensador, com Poesia escrita para a música. O rapper também fará um pocket show ao fim da conferência.

 

O estado e a evolução da língua portuguesa será o tema a ser discutido amanhã, no qual poderão ter lugar intervenções sobre as diferentes perspectivas de utilização da língua no mundo lusófono e a reflexão sobre as estratégias de afirmação da nossa língua comum, como forma de valorização do patrimônio literário, cultural e da lusofonia. Expõe o tema o professor catedrático Carlos Reis, diretor do Instituto de Língua e Literatura Portuguesas da Faculdade de Letras de Coimbra.

 

Fechando o 2º EELP, o tema Literatura de viagens, o qual abordará reflexões sobre crônicas e descrições de viagens de ontem e de hoje, por meio dos livros, com o escritor angolano Manuel Rui, ex-reitor da Universidade de Luanda e Ministro do Governo de Angola como conferencista. Para o presidente da Capitania das Artes, Roberto Lima, Natal terá a oportunidade de conhecer as diversas culturas do universo lusófono, uma vez que ao longo de sua história Portugal recebeu a presença de povos de vários continentes, como celtas, árabes, visigodos e romanos. A iniciativa é da União das Cidades Capitais Luso-Afro (UCCLA), com o apoio da Prefeitura de Natal, por intermédio da Funcarte.

 

Serviço

 

2º Encontro dos Escritores da Língua Portuguesa

 

Onde: Academia Norte-rio-grandense de Letras (Rua Mipibu, 443, Petrópolis)

Data e hora: de hoje a quinta-feira, das 15h às 19h

Acesso: gratuito mediante inscrição

Inscrição: www.eelpnatal.com.br ou na Funcarte

 

Programação

 

Hoje

 

Tema: A Poesia Escrita para Música

Mediador: Roberto Lima (Presidente da Funcarte)

Conferencista: Gabriel, o Pensador (cantor e compositor brasileiro)

Palestrantes:

Abreu Paxe, Da poesia e da música em Angola: Imagens e Contextos (escritor angolano, Benguela);

António Carlos Cortez, Poesia e Música: Quando a Palavra Brilha no Canto (escritor Português, Lisboa)

16h – Pausa café (de 15m)

Ilza Matias de Sousa, Sobre as Representações do Amor em Cazuza (escritora brasileira)

Maria Emília Monteiro Porto, O Trovadorismo Português (escritora brasileira)

Roberto Lima, Os Poetas do Romatismo Brasileiro e a Modinha (escritor brasileiro)

Tiago Torres da Silva, Canções Atlânticas – Escrever com Um Pé em Alfama e o Outro em Ipanema (escritor português)

18h – Curta intervenção musical de Gabriel o Pensador

 

Amanhã

 

Tema: O Estado e a Evolução da língua Portuguesa

Mediador: Laurence Bittencourt Leite (Professor da UNP)

Conferencista: Carlos Reis (Prof. U. Coimbra, Portugal)

Palestrantes:

Armindo Jaime Gomes, Angolização Formal da Língua Portuguesa (escritor angolano, Luanda)

Daniel Euricles Rodrigues Spínola, Questão Lusofonia (escritor Caboverdiano, Praia)

Daniel Pereira, A Unificação Ortográfica e a Consolidação da Democracia nos PALOP (escritor e embaixador de Cabo Verde em Brasília, Cidade Velha de Santiago)

Domingos de Sousa, A Representação da Língua Portuguesa na Luta pela Independência e sua Perspectiva para o Futuro de Timor-Leste (escritor e embaixador de Timor Leste em Brasília)

16h30- Pausa café (15m)

José Carlos Vasconcelos, Língua Portuguesa – Um Combate Necessário (escritor português e diretor do Jornal de Letras e Revista Visão)

Maria de Fátima Mendonça, Língua (s) e Campos Artísticos em Moçambique (escritora moçambicana)

Maria Honasete Alves de Lima, A Especificidade Histórica das Três Reformas Ortográficas (escritora brasileira)

Tony Tcheka (António Lopes), Os caminhos e Contributos Guineenses (escritor guineense)

18h – Atuação do grupo musical¨As Carolinas

 

Sexta-feira

 

Tema: Literatura de viagens

Mediador: Márcio de Lima Dantas (Professor da UFRN)

Conferencista: Manuel Rui (escritor angolano, Luanda)

Palestrantes:

Ana Maria Cascudo Barreto, Viagens literárias de Câmara Cascudo (Acadêmia Norteriograndense de Letras)

Carlos Francisco Moura (escritor macaense)

Diogenes da Cunha Lima, Natal: Biografia de Uma Cidade (Presidente da Acadêmia Norteriograndense de Letras)

Domingos Landim de Barros, O Contributo do Fenómeno Viagem para a Literatura de um Povo Ilhéu (escritor caboverdiano, Praia)

E. S. Tagino (António José da Costa Neves), Almada: Um Itenerário Literário, Pessoal e Transmissível (escritor português)

16h30 – Pausa café (15m)

Jin Guo Ping (historiador e tradutor chinês), Rui Lourido (historiador português), e Wu Zhiliang (historiador, Macau), A Viagem – Paradigma do Encontro: Percepções Portuguesas e Chinesas sobre Macau/China e o Brasil (Macau, China)

Luíza Maria Nobrega, Os Lusiadas (escritora brasileira)

Márcio de Lima Dantas, Nízia Floresta e a Literatura de Viagens (escritor, Natal Rio Grande do Norte)

Mário Ivo Cavalcante, A viagem literária no Rio Grande do Norte (jornalista brasileiro)

Mário Máximo, As Viagens Essenciais ou o Itenerário Interior de Toda a Viagem (escritor português, Odivelas)

Pedro Rosa Mendes, Viajar e escrever pelas lusofonias “malaias” (escritor português)

18h – Encerra com um Bailado Popular

 

FONTE: Diário de Natal

Também poderá gostar

Sem comentários