25 February 2021
Centro histórico de Salvador da Baía, Brasil

HPIP – Património de Influência Portuguesa

Heritage of Portuguese Influence/ Património de Influência Portuguesa — HPIP — é a evolução natural do projeto Património de Origem Portuguesa no Mundo: arquitetura e urbanismo que, sob a direção de José Mattoso, a Fundação Calouste Gulbenkian desenvolveu entre 2007 e 2012. Teve como objetivo uma publicação em três volumes, mais um de Índices, de uma compilação de informação sobre o tema, composta sob a forma de dicionário de matriz geográfica. Esse processo está bem caraterizado nos textos de apresentação do projeto de Emílio Rui Vilar e de José Mattoso, bem como no Histórico. (…)

Além da gestão de informação de forma plenamente eficaz, o SIG permite a pesquisa, quer através do mais comum questionário alfanumérico (caixa com o ícone lupa no canto superior direito), quer navegando sobre um mapa ou imagem de satélite do GoogleMaps. Ali encontramos para cada item listado um pin com o logo do HPIP, mas também, para alguns dos núcleos urbanos de maior dimensão, um desenho sobreposto que evidencia o essencial do traçado urbano primitivo, as estruturas defensivas e/ ou o posicionamento dos edifícios fichados. Também é possível pesquisar diretamente sobre índices pré-formatados (geográfico/toponímico,  onomástico,  autores,  cronológico) a partir do menu CONTEÚDOS>NAVEGAÇÃO.

Outro meio de pesquisa disponível é diretamente sobre as imagens a partir dos submenus contidos em IMAGENS. Com um simples toque sobre a imagem tem-se acesso a todo o conteúdo da entrada a que diz respeito.

Em CONTEÚDOS>CONTEXTOS encontra-se um conjunto de texto simultaneamente de síntese e de enquadramento histórico segundo quatro grandes regiões geográficas: América do Sul; Asia e Oceania; Norte de África, Golfo Pérsico e Mar Vermelho; e África Subsaariana. Para cada uma dessas quatro regiões existe um texto geral mais extenso e um conjunto de outros mais pequenos, que detalham aspetos relativos ao PIP em cada uma das sub-regiões em que se organizou essa informação.

Cada vez que alguém pretenda propor uma alteração, denunciar um erro e corrigi-lo, enviar uma imagem, propor uma nova entrada, acrescentar itens na bibliografia, etc., deve fazê-lo utilizando o menu COLABORAR, que não só está na barra principal, como vai surgindo em “clip” um pouco por todo o portal. Ler o artigo completo (HPIP)

Também poderá gostar

Sem comentários