O novo embaixador da Guiné-Bissau em Portugal, Hélder Vaz, entregou esta terça-feira ao Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, as cartas credencias que o investem nas funções.

Na sua conta na rede social Facebook, o antigo deputado e ex-ministro da Economia e Desenvolvimento Regional escreveu que «Portugal e Guiné-Bissau têm uma relação secular e de conhecimento mútuo, pelo que muito estreitos devem ser os laços do presente e do futuro. Nós temos tudo a ganhar estando cada vez mais JUNTOS na realização dos objetivos de cada um dos nossos países, ajudando-nos e complementando-nos».

“Hoje iniciamos uma nova e hercúlea tarefa, tendo por objetivo último reaproximar Portugal e a Guiné -Bissau numa profunda convergência de interesses, com benefícios mútuos, palpáveis e concretos, que constituam estímulos para novas empreitadas em comum, aproximando os povos, as instituições, as empresas, o setor financeiro, os serviços, as associações, as ONGs, os agentes culturais, desportivos, criando emprego e mais-valias e convergindo esforços na conquista do mercado regional da CEDEAO, com 300 milhões de consumidores, em benefício do desenvolvimento dos nossos dois países. Que DEUS nos ilumine e abençoe.”

Hélder Vaz foi diretor-geral da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) durante vários anos e alto funcionário da UCCLA (União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa).

Helder Vaz e o Embaixador Lauro Moreira. 02/03/2009. MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Hélder Vaz e o Embaixador Lauro Moreira. 02/03/2009. MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Fonte: A BOLA e Facebook de Hélder Vaz

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar