27 February 2021
Foto LUSA. Alunos timorenses. Distrito de Balibo, Bobonaro, Timor-Leste. 20 de março de 2015. EPA/STRINGER

Governo de Timor-Leste agradece esforço e trabalho de professores portugueses em Timor-Leste

Díli, 11 mai (Lusa) – A secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, agradeceu hoje, em nome do Governo o “grande esforço” e o “trabalho fundamental” dos professores portugueses que estão a ensinar em Timor-Leste.

“O vosso trabalho é muito importante. A área da educação é a pedra de toque em Timor. Portugal, o que melhor faz em Timor é na educação, e o trabalho dos professores e professoras é essencial”, disse Catarina Marcelino, em Díli.

“Quero agradecer-vos o vosso esforço neste canto distante do mundo e o trabalho que fazem pelo nosso país. Levarei essa mensagem para reconhecimento do vosso trabalho e das vossas preocupações”, disse, durante um encontro com professores e outros portugueses em Díli.

Durante o encontro, que decorreu depois de uma visita à Escola Portuguesa Ruy Cinatti, Catarina Marcelino destacou em particular “o esforço adicional” dos professores portugueses espalhados pelos distritos de Timor-Leste, no âmbito do projeto das escolas de referência.

E referindo-se à Escola Portuguesa de Díli, a secretária de Estado destacou o “grande contributo” que todo o corpo docente está a dar a Timor-Leste numa escola que “é um exemplo fantástico para o país”.

“O ensino da língua portuguesa para Timor é fundamental, a afirmação da língua como língua da CPLP é um poder muito grande dos países de língua oficial portuguesa no mundo. E Portugal, como origem deste movimento global, sente um grande orgulho”, disse.

No encontro com os portugueses, ouviu vários apelos, muitos relacionados com a escola portuguesa, nomeadamente sobre a falta de sala de aulas para os alunos do pré-escolar, a falta de ar-condicionado nas salas e os horários dos exames.

A direção da escola tem como objetivo a ampliação do centro educativo onde estudam já quase 900 alunos e onde há um número maior do que esse em lista de espera, procurando ainda melhorar as condições existentes.

Catarina Marcelino comprometeu-se a fazer passar essas mensagens em Lisboa.

ASP // VM – Lusa/Fim

Também poderá gostar

Um comentário
  • Governo de Timor-Leste agradece esforço e trabalho de professores portugueses em Timor-Leste | AICL Colóquios da Lusofonia
    12 Maio 2016 at 12:00 -

    […] Fonte: Governo de Timor-Leste agradece esforço e trabalho de professores portugueses em Timor-Leste […]

  • ARTIGOS POPULARES