Díli, 13 jan (Lusa) – Fazer a ponte entre empresários lusófonos e do sudeste asiático é um dos principais objetivos do primeiro Fórum Económico Global da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP), que decorre em Díli entre 25 e 27 de fevereiro.

O encontro, sob o tema “CPLP e a Globalização”, pretende ainda fortalecer os laços entre empresas e empresários lusófonos e estudar oportunidades de investimento e de negócio em Timor-Leste.

Considerado uma das principais iniciativas da presidência temporária da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) por Timor-Leste, o encontro pretende responder às aspirações de Díli em tornar a lusofonia num espaço de relações comerciais e económicas mais fortes.

O encontro é apoiado pela CPLP, pela Confederação Empresarial da CPLP (CE – CPLP) e pela União de Exportadores da CPLP (UE – CPLP) e permitirá promover Timor-Leste como “plataforma para o desenvolvimento”.

“A intenção é também a de alavancar a união de esforços para que, num ambiente globalizado e cada vez mais competitivo, a bandeira da CPLP possa fazer parte dos negócios do mundo, sendo a maior ambição, nesta matéria, a potencialização das trocas comerciais entre a Comunidade de Ásia-Pacífico”, explicam os organizadores.

“O evento insere-se na dinâmica para a estimulação da criação de parcerias entre as empresas do espaço da Comunidade, uma dimensão que tem vindo a ser consolidada pela CPLP e, também, pela CE-CPLP e UE-CPLP”, sublinham.

Timor-Leste quer assumir-se como ponte entre a lusofonia e a ASEAN, a associação de nações do sudeste asiático, à qual pediu para aderir e onde tem estatuto de observador.

Países CPLP e Organizações Políticas regionais

Países CPLP e Organizações Políticas regionais

Segundo os promotores do fórum, Timor-Leste é um país com “um enquadramento competitivo para o investimento, parcerias empresariais e projetos de exportação para o mercado Asiático, Pacífico e da Lusofonia”.

Com o encontro de Díli pretende-se ainda “contribuir para o desenvolvimento sustentável da economia de Timor-Leste através da partilha de ‘know-how’, da capacitação e diversificação do setor privado nacional e promoção de encontros empresariais para fomentar projetos conjuntos, investimento em Timor-Leste e parcerias de exploração de novos mercados comuns”.

O encontro reunirá dezenas de empresários de vários países e centra-se em cinco áreas estratégias: indústria petrolífera, de gás e extrativa, agricultura e agroindústria, mar e pescas, indústria manufatureira, turismo e infraestruturas.

Em debate estarão questões como o papel da CPLP como bloco multirregional, o papel dos blocos económicos na economia global e os “desafios e as oportunidades da inserção da CPLP” noutros blocos económicos regionais.

ASP // MP – Lusa/Fim
Países Membros da ASEAN

Países Membros da ASEAN

 

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar