Dando continuidade ao ciclo “Traga Um Livro e Dê Voz à Autora”, a Associação Portuguesa de Escritores promove uma evocação a Florbela Espanca, com coordenação de Luís Machado.

A sessão, com a participação de Ana Cristina Silva, terá lugar na próxima terça-feira, 19 de Julho, pelas 18H00, na Biblioteca Palácio Galveias, em Lisboa.

Recorde-se que Florbela Espanca ( 1894/1930 ) é uma das mais destacadas vozes da poesia feminina das primeiras décadas  do século  XX.

Com um pendor acentuadamente romântico  muitos dos seus sonetos elegem como temática o amor, a saudade, o sofrimento, a solidão e a morte.

Evento com entrada livre.

Foto:

Fachada da casa onde viveu a poetisa calipolense, Florbela Espanca, em Vila Viçosa. Turistas e investigadores estrangeiros rumam a Vila Viçosa (Évora), em busca do “mundo” de Florbela Espanca, poetisa natural da terra, onde existe o desejo antigo de construir uma casa-museu para mostrar o seu espólio, Vila Viçosa, 18 de dezembro de 2019. NUNO VEIGA/LUSA
Partilhar