25 February 2021
A ministra brasileira da Cultura, Marta Suplicy, afirmou hoje que a inclusão de esboços do arquiteto Oscar Niemeyer e de documentação do imperador Dom Pedro II na 'Memória do Mundo' da UNESCO são um "reconhecimento da cultura brasileira".

Esboços de Niemeyer em coleção da Unesco

“São sinais de que, cada vez mais, é reconhecida por todos a contribuição que a cultura brasileira pode dar para o mundo”, disse a ministra, em comunicado.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura divulgou na quarta-feira que quase nove mil esboços, álbuns e desenhos técnicos do arquiteto, morto em dezembro de 2012, e documentos das viagens feitas pelo segundo imperador do Brasil entre 1840 e 1913 foram incluídos na memória do mundo.

Suplicy realçou que é preciso continuar a trabalhar pela valorização a cultura, mas o Brasil está “no caminho certo”, e que já possui a cidade do Rio de Janeiro como Património Cultural da Humanidade e a dança típica ‘frevo’ como Património Imaterial da UNESCO.

FYB // JMR – Lusa/Fim

Foto: Chegada de brasileiro ao Palácio do Planalto em Brasília para participar no funeral de Oscar Niemeyer, que faleceu com 104 anos de iade. 06/12/2012. EPA/ANTONIO LACERDA

Também poderá gostar

Sem comentários