O texto literário é o instrumento essencial no ensino / aprendizagem da língua portuguesa, inserido num programa educativo que valorize a interpretação, a capacidade imaginativa e o poder de análise.

O professor tem, pois, ao seu dispor um leque de opções literárias, que são apresentadas nas Metas Curriculares, com diferentes temas, tipologias textuais, e que deverá selecionar tendo em conta o nível etário e escolar dos seus alunos.

Na verdade, este aspeto é fundamental para a formação de leitores que gostarão de ler ao longo da vida.

Indubitavelmente, o texto literário projeta ao máximo a multifuncionalidade da língua, conciliando o prazer da leitura ao desenvolvimento da compreensão / expressão escrita.

Essa leitura deverá ser atenta, reflexiva, capaz de esmiuçar sentidos, de ensinar a descobrir as potencialidades do português.

Assim, espera-se de quem ensina que seja capaz de conduzir os alunos nesse processo de descoberta, que vai da palavra à frase e da frase ao texto, abrindo trajetos, navegando pelas linhas que desenham o texto escrito. E, da parte de quem quer aprender a gostar de ler, que se interesse, que se deixe surpreender pelas escolhas efetuadas.

Em sintonia, professor e alunos traçarão o sucesso da aprendizagem da leitura, que será tanto mais rica, quanto mais sentidos oferecer para desvendar, quanto mais vontade de folhear páginas despertar, transformando o livro no veículo fundamental do conhecimento do mundo.

Saber ler é, hoje e sempre, mais do que uma condição de sucesso pessoal, escolar, profissional e social. É o fator de sucesso coletivo de uma nação. Por isso, o direito à leitura tornou-se uma questão de justiça social, o que implica que uma das grandes prioridades de qualquer sistema educativo seja o desenvolvimento da competência de leitura para todos os alunos.

Saber ler e gostar de ler são os passos para o desenvolvimento. E quanto mais se gostar de ler, mais se lê e se sabe fazê-lo. Porém, só quem sabe ler, gosta de ler. Para isso a literatura é a mais do que a melhor opção. A literatura é a solução.

Lúcia Vaz Pedro

Voltar ao Índice

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar