1 March 2021

Encontro de poetas de língua portuguesa nos dois lados do Atlântico

Brasília, 07 set (Lusa) – O terceiro Encontro de Poetas da Língua Portuguesa terá lugar na cidade brasileira do Rio de Janeiro e em Lisboa nos dias 10 e 24 de setembro, respetivamente, com poetas de vários países lusófonos, revelou a organização.

A antologia comemorativa do encontro, intitulada “Em todos os ritmos da poesia”, reúne 267 poemas e 91 poetas de seis países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal.

“A nossa intenção é reunir poetas de todo o mundo”, disse à agência Lusa a mentora e coordenadora da iniciativa, Mariza Sorriso, destacando que o livro é uma forma de dar uma “oportunidade” a poetas sem condições de verem as suas obras publicadas.

A cantora e poeta brasileira explicou que o livro serve também para “conseguir fundos para fazer o encontro acontecer”, visto que o evento nasce “mesmo de uma paixão” e não conta com patrocínios.

A antologia conta com “a quarta-capa do maior escritor de África – Pepetela”, lê-se num comunicado da organização, numa referência ao escritor angolano.

Os encontros não se limitam aos autores do livro, estando aberto a todos os poetas de língua portuguesa que queiram participar, desde “poetas renomados” a “alguns neófitos que estão publicando os seus poemas pela primeira vez”, de acordo com a organização.

O evento nasceu para “integrar o maior número de poetas lusófonos” e “congregar parte do universo das rimas perdidas das tribos poéticas espalhadas pelo planeta, fragmentadas pelos aspectos geográficos, sociais ou cronológicos”, segundo a nota.

O encontro no Museu da República, no Rio de Janeiro, terá, para além do lançamento do livro e de apresentações de poetas ao vivo e pela Internet, uma apresentação musical de diversos ritmos de países lusófonos.

Haverá ainda espaço para a palestra “A importância da Convergência dos Poetas Lusófonos”, com o escritor e docente Wander Lourenço de Oliveira.

São esperados, pelo menos, poetas de Guiné-Bissau, Moçambique, Angola, Portugal e Brasil, segundo a mentora da iniciativa.

Depois, o evento segue para o Palácio da Independência, em Lisboa, com a presença de poetas e autoridades de vários países lusófonos, sendo que Mariza Sorriso espera uma maior presença de participantes de outros países da língua oficial portuguesa, “até porque é mais fácil de se chegar”.

Na noite de 23 de setembro, véspera do evento em Lisboa, haverá ainda uma visita guiada à Casa de Fernando Pessoa e uma tertúlia na Casa de Angola.

O primeiro Encontro de Poetas da Língua Portuguesa ocorreu em Portugal e o segundo no Brasil.

A coordenadora da iniciativa adiantou à agência Lusa que o próximo encontro, em 2017, deverá ocorrer em Moçambique.

ANYN // SO – Lusa/Fim

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES