Domingos Simões Pereira, Secretário Executivo da CPLP entre Julho de 2008 e Julho de 2012, recebeu do Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique. A cerimónia de imposição de insignías decorreu no dia 18 de Setembro, no Palácio de Belém, reflectindo o reconhecimento do Presidente da República Portuguesa pelo trabalho desenvolvido por Domingos Simões Pereira à frente da CPLP.

Na IX Conferência de Chefes de Estado e de Governo, realizada em Julho de 2012, em Maputo, Domingos Simões Pereira teve o reconhecimento e apreço dos Estados-membros da CPLP pelo papel que desempenhou na condução dos destinos do Secretariado Executivo, no período de Julho de 2008 a Julho de 2012, nomeadamente na projeção e reforço do prestígio internacional da CPLP, na prossecução da reforma institucional da Organização, assim como pelo papel ativo na aproximação da organização à Sociedade Civil, e o seu empenho pessoal na promoção e divulgação dos objetivos, princípios e valores dentro e fora do espaço da Comunidade. Ler o artigo completo

 

LUSA

 

Secretário Executivo da CPLP desde a VII Conferência de Chefes de Estado e de Governo, realizada em Lisboa a 25 de Julho de 2008.
Nascido em Farim, Guiné-Bissau, em 1963.
Engenheiro Civil e Industrial pelo Instituto de Engenharia de Odessa ex-URSS (Ucrânia). Mestre em Ciências da Engenharia Civil pela Universidade Estatal de Califórnia em Fresno.
De Dezembro de 2006 até à data da última nomeação foi Conselheiro do Primeiro Ministro da Guiné-Bissau para as Infra-estruturas por conta do Banco Mundial.
Foi Secretário-geral da Caritas Guiné-Bissau de Setembro de 2006 a Setembro de 2008.
Foi Ministro das Obras Públicas, Construções e Urbanismo de Maio de 2004 a Novembro de 2005.
Ministro do Equipamento Social entre 2002 e 2003.
Assistente Técnico para a Reforma das Infra-Estruturas no Projecto de Reforma e Desenvolvimento do Sector Privado (Banco Mundial), de 2000 a 2004.
Assistente Técnico para a Célula de Apoio ao Ordenador Nacional do Fundo Europeu de Desenvolvimento (União Europeia), de 1999 a 2000.
Entre 1988 e 1999, assumiu diversos cargos, entre os quais: Director Nacional da Viação e Transportes Terrestres; Director-Geral das Estradas e Pontes; Chefe de Gabinete do Ministro das Obras Públicas e Director do Laboratório de Engenharia Civil; Estágiario no Gabinete de Projectos de Engenharia no Departamento dos Transportes da California (CALTRANS, Fresno); Director Técnico da Cooperativa Unidade e Progresso, em Bissau. Ler o artigo completo.


 


close
Subscreva as nossas informações
Partilhar