Bissau, 01 out (Lusa) – O documentário “Kora”, de Jorge Carvalho, rodado na Guiné-Bissau e que acompanha a família Galissa, da qual sempre fizeram parte importantes tocadores de corá, instrumento de cordas africano, estreou hoje na Guiné-Bissau.

“Este sempre foi um sonho meu. Mesmo quando estava cá a gravar acho que senti que deveria voltar e entregar o ‘Kora’ a quem verdadeiramente pertence”, referiu o realizador português à Lusa, minutos antes da exibição do filme no Centro Cultural Português de Bissau.

O documentário vai ser ainda apresentado na sexta-feira em Gabú e no sábado na aldeia de Tabatô, locais no leste do país em que o filme foi rodado.

Um ano depois da estreia em Lisboa faz-se o regresso às origens

“Acho que faz todo o sentido para estas pessoas verem um instrumento que tanto dignifica a própria Guiné-Bissau. Tenho mostrado [o documentário] à comunidade guineense e é gratificante o retorno que tenho tido”, sublinhou Jorge Carvalho.

O público reage “com emoção” e falam do corá quase como um símbolo nacional, apesar de estar ligado à etnia Mandinga – e de ter raízes numa região da África Ocidental que extravasa a Guiné-Bissau.

“É quase como a nossa guitarra portuguesa, que é de Lisboa, mas quase que é um símbolo nacional”, exemplificou.

O filme não é um documentário sobre o instrumento em si, esclarece o realizador, trata-se antes de retratar a perspetiva da Guiné-Bissau sobre o corá, enquadrada na família Galissa.

O documentário “parte do corá que está no museu nacional de etnologia de Lisboa e que pertenceu a um grande tocador guineense da família Galissa, que era Buli Galissa”, referiu.

Um dos netos restaura o instrumento e depois a história continua na Guiné-Bissau.

A exibição de hoje foi acompanhada por um recital de um dos membros da família, Demba Galissa, que à Lusa explicou qual o segredo para aprender a tocar corá.

“Aprendi quando tinha 12 anos e o que posso recomendar é paciência. Este instrumento precisa de muita paciência”, concluiu.

LFO // EL – Lusa/fim
José Braima Galissá

José Braima Galissá

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar