28 February 2021
Sede da ONU. Nova Iorque, 19 de setembro de 2016. NUNO VEIGA/LUSA

Diplomata timorense candidata a cargo de adjunta do secretário-geral da ONU

Díli, 15 mar (Lusa) – O Governo timorense está a apoiar formalmente a candidatura da diplomata timorense Sofia Borges, ex-embaixadora de Timor-Leste nas Nações Unidas, para um dos cargos de adjunta do secretário-geral, António Guterres, confirmou à Lusa fonte do executivo.

Sofia Borges, que foi embaixadora de Timor-Leste na ONU entre 2010 e 2013 é uma das candidatas ao cargo de adjunta do secretário-geral para países-ilha e países sem litoral, um dos cargos que vai apoiar o português que lidera atualmente as Nações Unidas.

O apoio à candidatura de Sofia Borges – que trabalha no gabinete do presidente da Assembleia Geral da ONU desde 2016 – foi confirmado na reunião de terça-feira do Conselho de Ministros em Díli.

José Ramos-Horta, ex-presidente da República, também juntou hoje a sua voz à dos apoiantes de Sofia Borges considerando que é “a melhor candidata” para o cargo, cuja escolha traria prestígio a Timor-Leste.

“Apoio totalmente esta candidatura e creio que não haveria melhor candidata que a Sofia Borges. É competente a nível de qualificações e não haverá muitos candidatos que a poderiam rivalizar”, disse à Lusa.

ASP // SB – Lusa/Fim

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES