IX Congresso de Lusitanistas “ Descobrimentos e utopias: A diversidade dos países de fala portuguesa tem por objetivo apresentar a literatura, a cultura e a língua portuguesa em toda a sua diversidade multifacetada a um amplo e variado público acadêmico. Com uma programação ambiciosa, interdisciplinar e de caráter internacional, quer-se fomentar o debate científico no campo dos Estudos lusófonos, oferecendo uma plataforma de intercâmbio aberta e transdisciplinar.

Acadêmicos dos quatro continentes abrangidos pela Lusofonia terão garantido um ponto de encontro em Viena para analisar métodos, teorias e perspectivas dos estudos lusófonos sob o mote “Descobrimentos e utopias: A diversidade dos países de língua portuguesa”. Este grande evento da língua e cultura portuguesa contará com a participação de mais de 200 especialistas nas diversas disciplinas: de lingüística, literatura, estudos culturais, comunicação audiovisual a didática do ensino do português.

O conceito da Lusofonia, muito debatido nos países de língua portuguesa, constitui uma questão controvertida e de grande significação, mesmo em Portugal. Para alguns, a própria idéia da Lusofonia denota mais uma expressão do pensamento hegemônico e neocolonial, enquanto para outros representa o principal nexo de união, assentado na língua, de todas as regiões do mundo lusófono.

Será que a língua comum, no entanto, constitui um fundamento suficiente para o estabelecimento de um espaço cultural comum? Não são as diferenças no status, prestígio e prática do idioma acaso muito grandes para falarmos propriamente de uma unidade? Por vezes são tantas as contradições e diferenças internas que os muitos pontos em comum parecem diluir-se; demasiadas limitações e barreiras, tanto políticas quanto mentais, ameaçam, de repente, a própria conceição de uma cultura comum.

 

>>>>>>>>>>>

 

 

FONTE: Terminómetro

Observatório da Língua Portuguesa
autores Observatório da Língua Portuguesa

Partilhar