Macau, China, 15 dez (Lusa) – O deputado de Macau Chan Iek Lap defendeu hoje a introdução do português no ensino primário na região administrativa especial chinesa com o objetivo de a longo prazo “formar quadros qualificados” nesta língua.

O médico eleito pela via indireta, que falava na Assembleia Legislativa, justificou a medida no âmbito do reforço do papel de Macau como uma plataforma de ponte entre a China e os países de língua portuguesa e na sequência da quinta reunião interministerial do Fórum Macau (Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa), em outubro.

“Não é fácil aprender português, mas a procura decorrente das futuras necessidades de uma plataforma leva a sociedade a reconhecer a importância de dominar o português. Assim, para se criarem bases para o futuro, devem os Serviços de Educação planear, atempadamente, a introdução do português no ensino primário”, afirmou.

“Com a criação da plataforma, a formação de talentos bilingues em português e chinês é a exigência mais básica”, disse Chan Iek Lap.

Na opinião do deputado, “a chave para impulsionar a construção desta plataforma está na formação de talentos que dominem o português nas áreas jurídica, financeira e da contabilidade”, mas “há poucos cursos de especialização” nestas áreas em língua portuguesa nas universidades locais, “portanto, são também poucos os especialistas nestas áreas”.

Considerando que “o regresso de talentos a Macau é apenas uma solução de curto prazo para a falta de quadros” e por isso “insuficiente para satisfazer as necessidades de uma plataforma reforçada”, o médico pediu medidas a longo prazo.

Nesse sentido, instou o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior a criar “cursos de especialização em língua portuguesa que correspondam às tendências de desenvolvimento social”, pois “só assim é que se pode objetivamente promover a formação de quadros qualificados que dominem o português”.

Macau, um território administrado por Portugal até 1999, tem o português e o chinês como língua oficial.

FV // VM

Lusa/Fim

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar