Lauro Barbosa da Silva Moreira

Nascido em Goiás, Brasil, em 1940

Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 1962

Curso de Preparação para a Carreira de Diplomata, Instituto Rio Branco, Ministério das Relações Exteriores, 1964/65

Terceiro Secretário, 1965 / Segundo Secretário, 1967 /Primeiro Secretário, 1973 /Conselheiro, 1978 /Ministro de Segunda Classe, 1990 Ministro de Primeira Classe – Embaixador, 1998 /Aposentado da Carreira Diplomática em 10/02/2010

 

Missões Permanentes no Exterior:

Buenos Aires, Argentina, 1968/71 – Segundo Secretário – Consulado Geral do Brasil

Genebra, Suíça, 1971/74 – Segundo Secretário – Delegação Permanente do Brasil junto aos Organismos Internacionais

Washington, EUA, 1983/87 – Conselheiro, Encarregado do Setor de Política Comercial e do Setor Cultural da Embaixada do Brasil

Barcelona, Espanha, 1991/94 – Cônsul- Geral

Rabat, Reino do Marrocos, 2000/03 – Embaixador

Lisboa, Portugal, 2006/2010 – Embaixador do Brasil junto à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP

Postos no Brasil

Secretário Executivo Adjunto do Grupo de Coordenação do Comércio com os Países do Leste Europeu (COLESTE), 1965/1968

Chefe da Assessoria Internacional do Ministério da Indústria e do Comércio e do Conselho Nacional do Comércio Exterior (CONCEX), 1974/79

Chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, 1979/81

Chefe da Divisão de Difusão Cultural do Ministério das Relações Exteriores, 1987/88

Chefe da Divisão de Informação Comercial do Ministério das Relações Exteriores, 1989/90

Chefe da Secretaria de Imprensa do Ministério das Relações Exteriores, 1994

Secretário de Cooperação Internacional do Ministério de Ciência e Tecnologia, 1995/97

Diretor Geral do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, 1997/2000

Presidente da Comissão Nacional para as Comemorações do V Centenário do Descobrimento do Brasil, 1997/99

Presidente da Comissão Executiva Bilateral Brasil-Portugal para as Comemorações da Viagem de Pedro Álvares Cabral, 1997/99

Diretor da Agência Brasileira de Cooperação, do Ministério das Relações Exteriores, 2003/2006

Postos no Setor Privado (enquanto licenciado na Carrreira Diplomática)

Diretor-Superintendente de Operações Externas da COMEXPORT – Companhia de Comércio Exterior, São Paulo, 1981/82

Criador e Diretor-Geral da empresa de consultoria em comércio exterior – LAURO MOREIRA & CASTRO, São Paulo, 1982/83

Outras atividades:

Em 2009, ao coroar sua longa Carreira de Diplomata como Embaixador do Brasil junto à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP, em Lisboa, Lauro Moreira foi agraciado pelo Movimento Internacional Lusófono com o título de Personalidade Lusófona do Ano. Em 2011 recebeu especial homenagem da Câmara Municipal de Odivelas, onde se inaugurou uma placa permanente, em local público, distinguindo-o com o título de Príncipe da Lusofonia. Eleito em 2016 Presidente do Conselho Diretivo do Observatório da Língua Portuguesa.

Para além de suas inúmeras atividades profissionais de diplomata de carreira, o Embaixador Lauro Moreira foi sempre um militante da causa cultural e artística, dedicando-se às artes cênicas (ator, diretor e autor), ao cinema (documentarista) e à fotografia (premiado em concursos nacionais). Em todos os postos diplomáticos por onde passou – Buenos Aires, Genebra, Washington, Barcelona, Rabat e Lisboa – devotou-se com afinco à promoção das artes e da cultura brasileiras.

Em 1998 lançou o CD duplo Mãos Dadas, onde interpreta poetas de todos os países da Língua Portuguesa e, em 2005, gravou o histórico álbum de CD Manuel Bandeira: o Poeta em Botafogo; em 2008, lança um álbum duplo com poemas de Marly de Oliveira. Recentemente lançou o DVD Mãos Dadas, onde introduz e recita obras de 19 poetas da Língua Portuguesa. Em 2013, atua como ator no longa-metragem de Alberto Araújo Vazio Coração.

Criou também, em 1999, o Grupo Solo Brasil, para apresentar o que há de mais representativo na música brasileira do século XX. O grupo já esteve em 20 países, inclusive em Portugal – onde se apresentou em Lisboa e nove outras cidades – e em dezenas de cidades brasileiras, alcançando sempre um marcante sucesso.

Prêmios, Condecorações e Troféus

Inúmeras condecorações e troféus nacionais e internacionais, entre os quais:

  • Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha, Grã-Cruz.
  • Ordem de Rio Branco, Brasil, Grã-Cruz
  • Ordem do Infante Dom Henrique, Portugal, Grã-Cruz.
  • Ordem Wissan Al Alaoui, do Reino do Marrocos
  • Ordem do Anhanguera do Estado de Goiás, Brasil, Grã-Cruz.
  • Medalha do Mérito da Marinha do Brasil.
  • Medalha do Mérito Santos Dumont, Aeronáutica, Brasil.
  • Ordem do Mérito Militar, Brasil, Comendador.
  • Troféu Tioko, da União Brasileira de Escritores
  • Troféu Jaburu, Personalidade Cultural do Estado de Goiás
  • Personalidade Lusófona do Ano de 2009, Lisboa
  • Prêmio José Aparecido de Oliveira, da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), 2016
  • Membro da Academia de Letras e Artes do Planalto (ALAP), 2012

Membro da Academia de Letras e Artes de Itaberaí, Goiás, 2013.

(Abril de 2018)

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar