Fernando Maquengo disse na cerimónia de lançamento do projeto que a nova cidade – denominada ‘Expo Gonga’ e com uma área de mais de 250 hectares – “terá tudo o que uma cidade moderna pode ter desde escolas, centros sociais, hospital, polo desportivo, centros comerciais, hotéis, casas de renda alta, media, baixa e casas sociais”.

A nova cidade será edificada entre o cemitério de Gongá e a ex-empresa agrícola Bela Vista, sete quilómetros a norte de São Tomé, por um consórcio liderado pela Guangxi Hidroelectric Constrution Bureau e que integra também o Instituto Privado Angolano (IPA).

Segundo o ministro são-tomense, o projeto foi objeto de um concurso público “e a empresa que ganhou provou-nos que tem capacidade técnica e financeira para a execução da empreitada”, cujo período de execução é de cinco anos.

Fernando Maquengo garantiu que “o financiamento para a execução da nova cidade de São Tomé está garantido”.

No local vai ser erguido também um hospital de referência a nível da sub-região africana, financiado por Taiwan.

Fonte governamental disse à Lusa que as negociações com Taiwan para a construção de um hospital de referência data de há mais de um ano e sublinhou não existir razão para que investimentos da República Popular da China e de Taiwan coexistam.

São Tomé e Príncipe é um dos poucos países que reconhecem formalmente Taiwan como Estado independente, apesar de ter independência de facto, enquanto a República Popular da China considera a ilha, onde se refugiaram as forças nacionalistas derrotadas pelo Partido comunista Chinês em 1949, uma “província renegada” e ameaça regularmente com o uso da força militar caso as autoridade de Taipé tentem declarar formalmente a independência.

A China tem vindo progressivamente a isolar Taiwan diplomaticamente conseguindo que vários países deixem de reconhecer a ilha nacionalista, em troca de investimento e ajuda externa

MYB // JMR – Lusa/fim


Fotos:

– Vista geral da marginal de Sao Tome, a 21 de Marco de 2006. JOAO RELVAS / LUSA

– Fortaleza de São Sebastião, São Tomé. 8 de abril de 1994 Manuel Moura / Lusa

– Um rapaz faz um salto numa praia de São Tomé, em São Tomé e Príncipe, Agosto 2011. JOSÉ SENA GOULÃO / LUSA


close
Subscreva as nossas informações
Partilhar