Lisboa, 01 out (Lusa) – A congregação das associações de treinadores de modalidades de forma a pensar o treinador desportivo em áreas como a sua formação estão entre os principais objetivos da Confederação de Treinadores Lusófonos (CTL), hoje criada em Lisboa.

Impulsionada pela Confederação de Treinadores de Portugal (CTP), a nova confederação vai juntar, além de Portugal, cinco países da lusofonia: Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

“O objetivo da confederação é juntar todos os treinadores da lusofonia nos seus países. Ter alguém que no país faça a congregação dos treinadores das várias modalidades e que no fundo pense o treinador na sua carreira e na sua formação”, disse à agência Lusa, Carolina Mendonça, diretora de comunicação da CTP.

A CTL vai estar ligada através de uma plataforma digital e pode, no futuro, alargar-se a outros países da comunidade lusófona, dado que estão em curso negociações para o seu alargamento a Timor, Macau, Goa e Sri Lanka.

Em Portugal, a CTP, que junta 23 associações de treinadores de modalidade, faz, em alguns casos, a ligação dos treinadores com a tutela e tem assento no Conselho Nacional do Desporto.

Estádio municipal de Albufeira. Portugal, 11 de março de 2015. STEVEN GOVERNO/LUSA

Estádio municipal de Albufeira. Portugal, 11 de março de 2015. STEVEN GOVERNO/LUSA

AO // NFO – Lusa/fim

 

Partilhar