O concerto, de canto, violino, guitarra e piano, terá lugar a 29 de junho no ‘Lost Theatre’, no sul de Londres, junto à zona conhecida por ‘Little Portugal’ por concentrar uma grande comunidade de portugueses e lusófonos.

Além de atuações individuais, os alunos tocarão em conjunto, num grupo chamado ‘LUSOEnsemble’, temas de Zeca Afonso, Amália, Vanessa da Mata e The Gift, entre outros.

Ana Correia, bioquímica de 23 anos, responsável pelo ensino de música, disse à agência Lusa que a ‘LUSO Academy’ teve sempre por objetivo desde o início, em setembro do ano passado, aproximar estas crianças da cultura portuguesa.

“A comunidade portuguesa tinha uma falha, que era a falta de acesso a certo tipo de cultura. Quisemos dar hipótese às crianças e jovens de aprender um instrumento e música portuguesa”, explicou.

Ao grupo juntaram-se também jovens de origem brasileira e de países africanos lusófonos e ao longo do ano foi recebendo pedidos para aprender músicas destas cultura e também inglesas e americanas.

A formação que tem de violino ao nível do conservatório e de música litúrgica permitiu-lhe integrar este projeto e o objetivo é continuar.

Além destes cerca de 20 alunos com idades entre os sete e os 18 anos, Tatiana Correia, física de 30 anos, presta apoio pedagógico a alguns jovens em matérias como matemática e ciências.

Ambas fazem este trabalho em paralelo com as suas atividades de investigação, no caso de Tatiana, e de conclusão de mestrado, no caso de Ana.

O balanço é positivo e a intenção é continuar com a ‘LUSO Academy’, até porque Ana Correia, natural de Bragança, não pretende regressar tão cedo a Portugal, de onde chegou há um ano.

Além de “novos projetos”, vincou, tenciona levar o ‘LUSOemsemble’ a tocar em eventos para tentar motivar os participantes.

 

BM // JMR – Lusa/fim

Foto: Crianças e adultos assistem a um concerto no Largo da Estação do Rossio, Lisboa, 2 de outubro de 2010. MIGUEL A. LOPES/LUSA