“Já está a decorrer o procedimento concursal do Instituto Camões para a contratação local de professores que irá resolver a questão dos alunos sem aulas de português na África do Sul, Alemanha, França, Luxemburgo e Suíça”, lê-se num comunicado do IC.
Fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades disse à Agência Lusa que, “com este concurso, e 
spera repor-se a normalidade de funcionamento do Ensino do Português no Estrangeiro”.
Vários alunos estavam sem aulas de português naqueles países por causa de um atraso na publicação oficial da modalidade de contrato local de professores, segundo o secretário de Estado das Comunidades, António Braga.
“Estamos atrasados, não na colocação propriamente dita, mas na publicação da modalidade de contrato local”, disse António Braga aos jornalistas na quarta-feira passada após a assinatura do acordo de avaliação de desempenho dos docentes do EPE.

 

FONTE: Correio do Minho

 

VER: Aviso – Abertura de procedimento concursal simplificado destinado ao recrutamento local de professores

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar