Coimbra, 08 jul 2022 (Lusa) – A Universidade de Coimbra (UC) recebe na próxima semana aquele que é considerado o maior evento académico, cultural e científico da Associação de Universidades de Língua Portuguesa (AULP) e que reúne mais de 130 universidades e politécnicos.

Dedicado ao tema “Globalização e Saúde”, o 31.º encontro da AULP, associação fundada em 1986, decorre de terça a quinta-feira no auditório da Reitoria e no departamento de Física da UC, adiantou a instituição, em nota enviada à agência Lusa.

Na terça-feira, estarão em destaque os “Desafios Globais Contemporâneos” e, no dia seguinte, os trabalhos irão versar sobre a “Globalização, Tecnologia e Saúde”, reunindo ambas as temáticas especialistas de oito países de língua oficial portuguesa – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste – e da Região Administrativa Especial de Macau.

“É com particular agrado que a Universidade de Coimbra, que durante séculos foi a única instituição de ensino superior do espaço da lusofonia, recebe esta edição do Encontro da Associação de Universidades de Língua Portuguesa. Assumimos a nossa centralidade neste contexto internacional e queremos contribuir para a projeção da língua portuguesa, em estreita articulação com todos os parceiros da AULP”, declarou, citado na nota, o reitor da UC, Amílcar Falcão.

Por seu turno, o presidente da AULP e vice-reitor da UC para as Relações Externas e Alumni, João Calvão da Silva, frisou a “grande honra para a Universidade de Coimbra” que é presidir “à maior rede de instituições de ensino superior do espaço da língua portuguesa”.

“Trata-se do reconhecimento do nosso prestígio histórico e da nossa importância presente e para o futuro da lusofonia”, afirmou.

A sessão solene de abertura do 31.º encontro da Associação das Universidades de Língua Portuguesa está agendada para as 12:00 de terça-feira, no auditório da Reitoria e, para além do reitor e vice-reitor da UC, conta com as intervenções de José Manuel Silva, presidente da Câmara Municipal de Coimbra, e de Maló de Abreu, deputado, presidente da Comissão Parlamentar de Saúde na Assembleia da República e deputado na Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Fundada em 1986, a AULP é composta por mais de 130 membros e tem como missão “promover a colaboração multilateral entre as Universidades e Institutos Superiores dos países de expressão portuguesa”.

No triénio 2021 – 2024, a Universidade de Coimbra preside ao conselho de administração da associação, sendo o cargo exercido pelo vice-reitor João Calvão da Silva, por delegação do reitor Amílcar Falcão.

JLS // SSS – Lusa/Fim

Veja:

XXXI Encontro AULP – Portugal (Coimbra)

Partilhar