Lisboa, 08 set (Lusa) — O Brasil propôs a data de 01 de novembro para a realização da cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que deverá decorrer em Brasília, disse hoje à Lusa o secretário-executivo da organização, Murade Murargy.

“O Brasil propôs 01 de novembro. Vamos ver se todos os países estão disponíveis ou não” para participar na reunião de chefes de Estado e de Governo, na capital brasileira, nessa data, acrescentou.

A cimeira da CPLP realiza-se de dois em dois anos e, normalmente, em julho — mês em que foi criada a organização -, mas a instabilidade política no Brasil levou ao adiamento do encontro.

Durante esta cimeira deverá ser aprovada a nova visão estratégica da CPLP, que este ano comemora 20 anos, prevendo uma maior aposta na vertente económica e empresarial.

Nesta reunião, deverá também terminar o seu mandato o atual secretário-executivo, o moçambicano Murade Murargy, ao fim de quatro anos à frente da organização, sucedendo-lhe Maria do Carmo Silveira, indicada por São Tomé e Príncipe.

Integram a CPLP Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

JH // VM – Lusa/Fim
Partilhar