Bissau, 28 abr (Lusa) – O Centro Cultural Português promove a partir de terça-feira na Guiné-Bissau a terceira edição da Oficina de Escrita e de Produção Literária, para promover o gosto pelas letras e descobrir novos talentos, anunciou a organização em comunicado.

No final, o centro espera encontrar “12 escritores da nova geração e potenciais novos escritores capacitados em escrita e produção literária em português”.

A iniciativa vai ser conduzida pelos escritores Abdulai Silá e Miguel Gullander.

Abdulai Silá, 58 anos, guineenses, é engenheiro de profissão, mas dedica-se também à escrita e à análise social, sendo hoje é um dos principais escritores do país

Lançou o primeiro romance, “Eterna Paixão”, em 1994 – sendo considerado o primeiro romance guineense.

O luso-escandinavo Miguel Gullander viveu na Suécia e tem dado aulas em África, sendo apontado pela crítica como um autor que mistura os dois mundos e que quebra fronteiras e regras literárias.

Os interessados em participar devem ter o 12.º ano de escolaridade e podem inscrever-se até segunda-feira apresentando um texto com o máximo de 200 palavras.

LFO // APN – Lusa/fim
close
Subscreva as nossas informações
Partilhar