Trata-se de um escritório de representação, que servirá para divulgar produtos e projetos de investimento portugueses e que procurará também promover a cultura portuguesa e as relações entre as autarquias dos dois países, precisou o presidente da Liga do Chineses em Portugal, I Ping Chow.

Radicado em Portugal há mais de meio século, I Ping Chow considera que “as relações económicas luso-chinesas melhoraram muito nos últimos anos e vão melhorar ainda mais”.

“A ‘Casa de Portugal’ em Zhengzhou é um projeto amplo e ambicioso”, afirmou.

A província de Henan, atravessada pelo Rio Amarelo, é uma das mais populosas da China, com quase 100 milhões de habitantes.

A inauguração da “Casa de Portugal” contará com a presença de autarcas e empresários do Tâmega e Sousa, responsáveis do Instituto Politécnico do Porto e ainda com o embaixador de Portugal na China, Jorge Torres-Pereira.

AC // FV. – Lusa/fim

Foto LUSA: um agricultor na área rural de Zhengzhou, Província de Henan. China. 13 de abril de 2009. EPA/WU HONG

Partilhar