O documento deverá ser protocolado no dia 27 de maio e será levado até Nova York, onde fica a sede da ONU.

“A União Europeia já reconheceu a importância da nossa língua, agora queremos que a ONU faça o mesmo. Para se ter uma ideia, cerca de 260 milhões de pessoas se expressam no idioma português. Essa língua possui uma  importante presença sociocultural e geopolítica em várias nações de todos os continentes, sendo a quinta mais falada no mundo. Acho que teremos sucesso nessa questão, pois nossos argumentos são muito sólidos”, afirma Waldenir de Bragança, secretário da Academia Brasileira Rotária de Letras.

Escola – A universalização da língua foi facilitada após o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em 2008, que objetiva acabar com as diferenças entre o português escrito no Brasil e em outros países que têm o mesmo idioma pátrio.

(…)

 

FONTE: O FLUMINENSE

Partilhar