26 February 2021

Cantora Dulce Neves considerada Músico do Ano 2016 na Guiné-Bissau

Bissau, 30 dez (Lusa) – A cantora Dulce Neves foi distinguida como Músico do Ano 2016 na Guiné-Bissau, na décima gala de músicos e artistas guineenses anualmente organizada pelo Fórum Social de Projeção da Cultura.

Dulce Neves, uma das primeiras mulheres guineenses a projetar-se a partir da música, que já canta há mais de 30 anos, foi distinguida com o seu último álbum “Udjus di Mininus” (Olhos das Crianças) onde retrata temas do quotidiano, como a falta de escolas e as dificuldades dos menores.

O jovem músico Erc Daro, que vive e trabalha em Portugal foi considerado a revelação do ano enquanto a Menina Neia foi distinguida cantora revelação do ano.

O agrupamento Corson de Tina arrebatou o prémio de música do ano, numa interpretação que fez a favor da seleção guineense do futebol, os “djurtus”, que pela primeira vez estarão no Campeonato Africano das Nações (CAN) que terá lugar no Gabão entre janeiro e fevereiro.

O cantor Charbel Pinto ficou com o prémio do melhor vídeo do ano com a música Mama Guiné, o grupo de “mandjuandadi” (agrupamento de bairro) Tiane levou para casa o título de melhor do ano e Ivan Barbosa, o de melhor produtor.

Os Mecânicos, uma banda musical constituída por reparadores de veículos, arrebataram o prémio de melhor grupo de música moderna, o DJ Etiandro, melhor animador de festas e discotecas enquanto os músicos Manecas Costa, Kaba Mané e Ramito Naka, foram distinguidos com Prémio Carreia.

MB // APN – Lusa/Fim

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES