Nova York – Nova York – Cabo Verde quer contribuir para ter o português como língua oficial na rede de parlamentares de todo o mundo, disse o deputado José Sanches.

O parlamentar falou à Rádio ONU após regressar da 5ª. Conferência Interparlamentar sobre a População e Desenvolvimento, Cipd, realizada recentemente na Turquia.

O evento, que decorreu na cidade de Istambul, foi promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a População, Fnuap,   e pelo Fórum Parlamentar Europeu para a População e Desenvolvimento.

José Sanches referiu-se aos planos de divulgação da língua, surgidos após concertações tidas na sua primeira participação no encontro, ao lado de representantes de Portugal e de Moçambique.

“Começar a fazer os primeiros contactos com países dos Palops, sobretudo incentivar os outros países, neste caso, a Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Angola no sentido dos parlamentares desses países comecem a participar para que a língua portuguesa possa vir a fazer parte, também, dos meios de comunicação no Fórum Interparlamentar.” Ler o artigo completo (África 21)

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar