A previsão foi feita pela diretora executiva do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), Marisa Mendonça, durante uma conferência para assinalar o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Segundo a responsável, Cabo Verde está num processo “bastante avançado” de execução e validação do vocabulário e poderá integrá-lo ainda este mês, enquanto decorrem diálogos com as autoridades de São Tomé e Príncipe para a sua integração “até final deste ano”.

O VOC é uma plataforma online que alberga os instrumentos que determinam legalmente a ortografia da língua portuguesa e que foi oficialmente reconhecido pelos Estados-Membros da CPLP na X Conferência de Chefes de Estado e de Governo, que aconteceu em julho de 2014 em Díli.

A plataforma já conta com quatro Vocabulários Ortográficos Nacionais integrados – Brasil, Moçambique, Portugal e Timor-Leste -, com aproximadamente 250 mil entradas e mais de dois milhões de formas ortográficas.

A base de dados digital é um instrumento previsto pelo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa firmado em 1990 pelos países da CPLP e tem ainda como objetivo a promoção, difusão e projeção da língua portuguesa.

RYPE // VM – Lusa/Fim

Aceda ao:

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar