3 March 2021
Países insulares no mundo (Haruno Akiha)

Cabo Verde acolhe conferência dos estados insulares africanos

Praia, 14 dez (Lusa) – Os chefes da diplomacia de estados insulares africanos rede reúnem-se sexta-feira e sábado na cidade da Praia, numa conferência que junta Cabo Verde, Comores, Guiné-Bissau, Madagáscar, Maurícias, São Tomé e Príncipe e Seychelles.

Aprofundar a concertação e articulação entre estes estados com vista a uma atuação conjunta no quadro da União Africana (UA) é o objetivo da conferência, que foi apresentada hoje aos jornalistas pelo ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares.

“Essencialmente vamos debater uma melhor articulação entre nós para uma atuação conjunta no seio da União Africana. Termos uma única voz, concertarmos as nossas posições e defendermos os nossos interesses”, explicou Luís Filipe Tavares.

O desenvolvimento económico, o ambiente e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) serão alguns dos assuntos em debate num encontro que poderá levar também à formalização do grupo de estados insulares dentro da União Africana.

“Pode levar à formalização do grupo de pequenos estados insulares dentro da União Africana como espaço de diálogo e consolidação da própria UA. Entendemos que faz todo o sentido a criação deste grupo no seio da UA para podermos debater assuntos que têm a ver com as nossas especificidades”, adiantou.

A conferência irá debruçar-se sobre a implementação da Agenda Africana 2063 e da Agenda 2030 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, analisando também questões como as energias renováveis, economia azul e financiamento ao desenvolvimento dos países.

Fará ainda o seguimento das cimeiras sobre alterações climáticas das Nações Unidas de Paris (COP21) e Marrocos (COP22).

CFF // APN – Lusa/Fim

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES