Paris, 12 nov (Lusa) – “Com base nas recentes descobertas ‘offshore’, a produção petrolífera do Brasil triplica para atingir os seis milhões de barris por dia em 2035”, calcula a AIE no seu relatório anual de referência, o ‘World Energy Outlook’.

Aquele nível “representa um terço do aumento líquido da produção mundial de petróleo e tornará o Brasil o sexto produtor mundial”, sublinha a AIE.

Quanto ao gás, a produção brasileira será multiplicada “por mais de cinco”, o que é “suficiente para cobrir todas as necessidades do país até 2030, mesmo que estas aumentem significativamente”, nota a agência.

A procura energética do Brasil aumenta ao mesmo tempo perto de 80 por cento, para permitir o acesso generalizado à eletricidade pela sua população de 190 milhões de habitantes, o que exigirá investimentos de cerca de 90 mil milhões de dólares por ano.

Em relação às energias renováveis, o Brasil continuará a ser “um líder mundial”, com uma quota de 43 por cento ao duplicar a sua produção de renováveis em 2035.

PAL // JMR – Lusa/fim

Foto LUSA: plataforma de perfuração de petróleo P-36 da empresa brasileira estatal de petróleo “da Petrobras a bordo de um cargueiro na Baía de Guanabara, Rio de Janeiro 19 de novembro de 1999. AFP PHOTO/Antonio SCORZAAFP PHOTO AFP/ANTONIO SCORZA/as/dc/oc