Quebrar as barreiras dos idiomas. Organizar a Torre de Babel. Extinguir as fronteiras que dificultam a comunicação entre pessoas que falam línguas diferentes.

É o que quer um grupo de jovens empreendedores mexicanos com o Biixa, aplicativo que traduz conversas simultaneamente, tanto em texto quanto mensagens de voz.

Segundo a Forbes México, a startup vai iniciar suas operações em março e já está na mira de investidores do Vale do Silício.

O funcionamento é simples. Segundo um dos co-fundadores do projeto, Hiram Piña Valdés, em entrevista à Forbes México, o “Biixa é uma plataforma de comunicação que, através de mensagens escritas e de voz, permite fazer uma tradução de idiomas em tempo real. É como combinar o WhatsApp e o rádio de um telefone através de um algoritmo”.

De acordo com os próprios realizadores, a ferramenta tem dois focos: entretenimento e negócios. O grupo aposta na popularização do Biixa entre empreendedores que buscam desenvolver negócios com parceiros de outros países.

O projeto foi pensado e desenvolvido no município de Zapopan, onde os governos local e federal pretendem consolidar uma espécie de Vale do Silício Mexicano. De acordo com a Forbes México, 110 projetos estão em desenvolvimento na região, por meio do programa conhecido como Reto Zapopan, voltado para jovens empreendedores do país.

Fonte: Administradores