“Atlas Histórico da Escrita” de Marco Neves

Das primeiras inscrições na argila da Suméria às letras digitadas no ecrã de um telemóvel, este atlas acompanha a evolução da escrita em todo o mundo:

– Viajamos à origem, tentando perceber o mecanismo que permite distinguir a escrita de outros tipos de sinais;
– Ficamos a conhecer como funcionam os sistemas de escrita da Mesopotâmia, do Antigo Egipto, da China, do Japão e da Mesoamérica;
– Acompanhamos o surgimento e expansão dos sistemas consonantais e alfabéticos, incluindo o alfabeto latino;
– Partimos à descoberta das escritas por decifrar que se escondem à volta do globo, desde o Disco de Festo às pequenas letras dançarinas do rongorongo;
– Descobrimos a origem e evolução de cada uma das letras que usamos para escrever a nossa língua.

As três grandes revoluções da escrita estão em destaque: a sua invenção e evolução ao longo dos últimos milénios; a expansão da imprensa, da literatura e da leitura nos últimos séculos; e a explosão, nos últimos 70 anos, da alfabetização, com mais de metade da população humana a saber ler e escrever. A escrita tornou-se basilar para compreendermos o mundo.

 

Subscreva as nossas informações
The following two tabs change content below.
Avatar photo

Marco Neves

Docente na NOVA FCSH e investigador no CETAPS. É tradutor desde 2002 e autor de vários livros sobre a língua portuguesa e a linguagem humana. Escreve regularmente no SAPO 24 sobre temas linguísticos e mantém a página Certas Palavras (www.certaspalavras.pt).
Avatar photo

últimos artigos de Marco Neves (ver todos)

Scroll to Top