28 February 2021
Uma mulher timorense posa nas montanhas, em Timor em Outubro de 1989. PEDRO AD√O / LUSA

Arquivo Público do Centro Audiovisual Max Stahl Timor-Leste

Aceda ao Arquivo Público do Centro Audiovisual Max Stahl Timor-Leste (CAMSTL) aqui.

Segundo a Unesco, Timor-Leste é a primeira nação na história a alcançar a sua independência através do poder das imagens audiovisuais que chegaram à comunidade internacional. Essas imagens de luta popular, bravura e compromisso pacífico inspiraram as pessoas em todo o mundo a participar numa intervenção internacional para promover uma nova nação. Estas imagens são uma herança importantíssima para os timorenses. A parceria entre o Centro Audiovisual Max Stahl de Timor-Leste (CAMSTL), a Universidade Nacional de Timor Leste (UNTL) e a Universidade de Coimbra (UC) visa a preservação e o enriquecimento do arquivo Max Stahl, para que possa fazer parte de novas pesquisas e projetos educacionais em ambas as universidades e seus parceiros académicos.

O arquivo online do CAMSTL contém mais de 5000 horas de material de vídeo e cresce cerca de 400 horas por ano. Inclui imagens históricas que mudaram o destino de uma nação numa coleção inscrita pela UNESCO no Registo da Memória do Mundo em 2013 (http://www.unesco.org/new/en/communication-and-information/memory-of-the-world/register/full-list-of-registered-heritage/registered-heritage-page-6/on-the-birth-of-a-nation-turning-points/).

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES