27 February 2021
Instituto Agrário de Bilibiza

Aga Khan vai cooperar com Universidade Eduardo Mondlane na agronomia

Maputo, 30 mai 2019 (Lusa) – A Fundação Aga Khan e a Universidade Eduardo Mondlane (UEM), a maior de Moçambique, vão cooperar na área de agronomia e engenharia florestal, através da transformação do Instituto Agrário de Bilibiza, norte do país, em centro de excelência, foi hoje anunciado.

Um comunicado, a Fundação Aga Khan refere que a colaboração entre as duas instituições visa tornar o Instituto Agrário de Bilibiza (IABil) capaz de contribuir para o bem-estar dos pequenos produtores agrários, através da sua capacitação para a gestão e utilização sustentável de recursos naturais.

Ao abrigo do entendimento, a Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal (FAEF) vai capacitar pequenos produtores e docentes do IABil, prevendo-se igualmente a formação de estudantes das duas instituições, através de estágios profissionais.

O acordo preconiza ainda o “desenvolvimento da capacidade, laboratorial, a gestão do meio ambiente e uso sustentável da terra e da água” da IABil e a realização de visitas de estudo nas áreas de trabalho de ambas instituições”.

O entendimento prevê ainda a formação de docentes, alunos e produtores nas zonas de interesse da Fundação Aga Khan e da FAEF e o apetrechamento da clínica fitossanitária do IABil.

O IABil é gerido pela Fundação Aga Khan e conta com 413 estudantes, dos quais 149 são raparigas, e está localizado no distrito de Quissanga, Cabo Delgado.

Quissanga é um dos distritos atingidos pela onda de violência armada protagonizada por grupos desconhecidos desde outubro de 2017 no norte de Cabo Delgado.

PMA // VM – Lusa/Fim

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES