O segundo Congresso Internacional de Advogados de Língua Portuguesa, que se realizou entre os dias 24 e 26 de Maio, em Luanda, contou com a presença de representantes dos vários países que compõem a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

A reunião foi presidida pelo vice-presidente angolano, Fernando Piedade Dias dos Santos, e teve como finalidade maior discutir as diferentes realidades dos países lusófonos, no sentido de contribuir para o desenvolvimento da justiça nestas nações.

Ainda de acordo com os presentes, esta discussão poderá contribuir, em grande parte, para a consolidação das relações entre estes mesmos países. Ler o artigo completo

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar