9 March 2021

Adriana Calcanhotto é a nova embaixadora da Universidade de Coimbra (UC)

Adriana Calcanhotto é a nova embaixadora da Universidade de Coimbra (UC). O anúncio foi feito pelo reitor, João Gabriel Silva, durante o evento Tudo Língua, concebido pelo PÚBLICO e organizado em parceria com a UC, e que encerrou as comemorações dos 725 anos da Universidade de Coimbra esta sexta-feira, ao final da tarde, na Biblioteca Joanina.

Esta universidade, património mundial desde 2013, quer ser um lugar “onde todo o mundo de expressão de língua portuguesa se sinta em casa e sinta que contribui e que aprende”, vincou o reitor, explicando que, para isso, precisa de embaixadores e que a compositora e cantora brasileira aceitou ser a primeira na área da língua e da cultura.

Este convite, explicou o reitor mais tarde ao PÚBLICO, serve “para reforçar e tornar mais actual” a ligação “profunda e ancestral” da universidade ao Brasil e vice-versa, assumindo que, para já, esta“aventura” ainda não tem contornos definidos. A embaixadora, por sua vez, disse que o que sabe fazer é cantar: “Coimbra já nos ajudou muito e este é o momento específico em que o Brasil precisa de novo, desesperadamente, da ajuda da universidade. O que eu puder fazer, farei”, garantiu ao PÚBLICO.

Este Tudo Língua, que, além do concerto de Adriana Calcanhotto, com a participação especial de Arthur Nestrovski, incluiu uma conversa entre heterónimos – Carlos Fradique Mendes e Bernardo Soares –, protagonizada pelos académicos Carlos Reis, especialista em Eça de Queirós, e Jerónimo Pizarro, grande conhecedor da obra de Fernando Pessoa, nasceu a partir da expansão do PÚBLICO para o Brasil e de projectos como Minha Língua, Minha Pátria, no campo da literatura, que o jornal tem realizado naquele país e que vai passar a fazer também em Portugal no próximo ano. Ler o artigo completoAdriana Calcanhoto.

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES