O acordo entre o PSOE e o Bloco Nacionalista Galego (BNG) para que o deputado nacionalista galego, Néstor Rego, vote a favor da investidura de Pedro Sánchez prevê que seja facilitada a emissão canais de rádio e televisão portugueses no território da Galiza. Esta era uma medida que já estava prevista na conhecida “Lei Paz-Andrade”, datada de 2014, mas que não foi concretizada.

Como forma de promover a língua galega, que partilha o mesmo ancestral linguístico com a língua portuguesa, os nacionalistas da Galiza chegaram a acordo com os socialistas para que se facilite a execução dos acordos que a lei de 2014 já previa. Ler o artigo completo (Público)

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar